Pages Menu
RssFacebook
Categories Menu

Posted by in Acupuntura, Dores Localizadas | 1 comment

Dor no Quadril – Causas e Tratamentos

Dor no Quadril – Causas e Tratamentos

Dor no quadril é relativamente comum em pessoas acima de 40 anos.

Vamos entender as causas e como isso pode afetar você, mesmo que ainda seja muito jovem.

A articulação do quadril, assim como toda essa região pélvica, é o centro do movimento e do equilíbrio humanos.

Ela é responsável pela nossa locomoção na vida, nos permite andar, correr, sentar.

É uma articulação feita para suportar bastante peso, sendo assim forte.

Seus movimentos portanto são limitados firmemente, pois qualquer desalinhamento pode causar dor.

A dor no quadril pode acontecer de forma insidiosa: dói um dia e no dia seguinte está bem.

Ai a pessoa repete o que fez no dia que começou a dor e ela volta.dor_no_quadril

A pessoa pode considerar tomar analgésicos, fazer alongamentos, exercícios, mas aos poucos a articulação do quadril estará presente em todos os momentos da vida.

Limitando corridas, caminhadas e até trabalho, pois muitas vezes a pessoa é impedida de ficar muito tempo em uma mesma posição.

O que acontece é que a dor no quadril pode não acontecer por causa do quadril, já que a pelve ou bacia é um segmento funcional e existem muitas estruturas envolvidas nesse nível.

A dor no quadril costuma aparecer mais em mulheres e acima de 40 anos.

Problemas podem se manifestar através de dor no quadril que se irradia pela lateral interna ou posterior da coxa e/ou dor na região da virilha. 

Causas Mais Frequentes

.

  • dor_no_quadril Bursite trocanterica: existe uma estrutura chamada Bursa serosa, que fica exatamente atrás da articulação do quadril. Essas pequenas estruturas contém fluido dentro. Ela pode inflamar e causar bastante desconforto.
  • Síndrome do Piriforme: pequeno músculo na lateral do quadril. Pode ser bastante dolorosa, mas não é limitante do movimento. Pode acontecer por movimentos repetitivos. O Piriforme funciona junto com a banda ileotibial e tensor da fáscia lata. Todo esse grupo pode estar encurtado, o que pode provocar dor no quadril, destacando que isto é também bastante frequente.
  • Artrose: desgaste da articulação, causada pelo envelhecimento e/ou desalinhamento da articulação. É aquela dorzinha que se apresenta pela manhã e continua ao longo do dia e com o movimento melhora. Com o passar do tempo e com o envelhecimento torna-se bastante limitante em relação à dor no quadril e aos movimentos que ele pode fazer.
  • Tendinite: causada por movimentos repetitivos como corrida e musculação, por exemplo. Piora com o movimento.
  • Necrose Asséptica da Cabeça do Fêmur: provocada pela má circulação na região do quadril.
  • Colchão: além de determinar a qualidade do sono, o colchão muito duro ou muito mole pode causar dores pelo corpo e principalmente no quadril.
  • Fratura: ocorre em indivíduos mais velhos ou depois de forte impacto como quedas. Bastante frequente em presença de osteoporose. Nas fraturas o quadril fica fixo, ficando bastante doloroso e a perna não consegue pisar no chão.

Dor no Quadril – Soluções Práticas:

dor_no_quadril

Dependendo da causa, o tratamento para essa dor será diferenciado.

  • Para condições como Tendinite e Bursite deve-se diminuir bastante a movimentação para não provocar mais dor. Quando possível, fazer alongamentos leves no quadril mas sem provocar mais dor. São recomendados ultrassom e tens. Acupuntura é muito recomendada para diminuir a dor e desinflamar. A acupuntura, além desses efeitos de melhorar a dor e desinflamar, também tranquiliza e diminui a ansiedade, além de diminuir o uso de anti inflamatórios.
  • Para síndrome do Piriforme, tensor da fáscia lata ou banda íleo tibial: ultrassom, tens, alongamento, trabalho postural para reequilibrar a musculatura da coluna e do quadril e acupuntura acelerando a recuperação da musculatura.
  • Para casos de Artrose: trabalho de fortalecimento do quadril, exercícios leves (tendo o cuidado de não provocar a dor). Movimentos de rotação na articulação costumam provocar novas crises. Acupuntura também é muito indicada, já que funciona muito bem em casos crônicos.

No mais, para manter suas articulações íntegras e músculos fortes, é preciso praticar algum tipo de exercício regularmente, fazendo frente às solicitações da vida.

Um abraço!

Rosalina Ribeiro

Acupuntura e Shiatsu

Fisioterapia

Gostou? Então Compartilhe!!

    1 Comment

    1. Rosa, adorei o site! cheio de informações legais, parabéns!